Lourenço Mutarelli e a literatura do buraco


Os últimos dois anos foram de muita intensidade, não bastasse a pandemia, no caso do autor deste blog, mudanças profissionais e a dedicação a dois anos de intensos estudos no programa de mestrado da Universidade de Santa Cruz do Sul - UNISC. Essa intensidade, aliás, obviamente, causou reflexos tanto no trabalho que faço no Listas Literárias, mas também nos meus projetos de escrita e literatura, todos pausados por algum tempo (inclusive este site/blog sem muitas definições).

Mas tudo isso por uma boa razão.

No mestrado pude dedicar-me e aprofundar-me nos estudos sobre literatura (e narrativas mais diversas) e concluir minha pequisa sobre um dos mais instigantes autores da contemporaneidade nacional, Lourenço Mutarelli. Suas obras, espécie de salão de espelhos, que nos desorientam, mas também nos atiram a tantos portais.

Fruto desse trabalho, então, a dissertação. Nela discutimos a metáfora do buraco presente nas narrativas literárias de Lourenço Mutarelli. O buraco em suas acepções mais ambíguas e complexas. Como reduzir a dissertação num pequeno post não faria muito sentido, compartilho o link para a dissertação, já disponível no repositório da UNISC:

Do buraco e/ou o abjeto e o mundano na literatura de Lourenço Mutarelli.

Postar um comentário

0 Comentários